Evento de lançamento das novas coleções de LAMB e Gx Collection

No dia 23 de agosto rolou um evento de lançamento das novas coleções de óculos das marcas LAMB e Gx Collection da Gwen – e ela estava maravilhosa. Confira todas as fotos, vídeos e entrevistas traduzidas abaixo:


Fotos:


Vídeos:


Entrevistas:

Porque Gwen Stefani não segue tendências: “Eu odeio regras”

Não importa o quão legal algo aparente ser, Gwen Stefani provavelmente vai se recusar de entrar nessa. “Eu odeio tendências. E quando se trata de moda, eu odeio regras,” ela conta ao Yahoo Style. Então se tratando de seu visual, a cantora tem um lema: sair com o que for que ela esteja afim no momento, independente se é “in” ou não. “Eu não tenho mesmo regras quando se trata da minha personalidade, porque sinto que é isso que é o estilo pessoal – seu temperamento e qualquer coisa que você esteja curtindo no momento,” ela adiciona.

Apesar de ser considerada um ícone da moda por tantos, Stefani não sente a pressão de sempre reinventar sua aparência, não importa quantos olhos estejam constantemente nela. “Eu nunca senti pressão quanto ao meu visual. Eu sempre quero aparentar o melhor que posso, como todos nós queremos, mas acho que para mim, se ninguém estivesse olhando, eu estaria fazendo a mesma coisa,” diz ela. Arrumar-se é totalmente sobre se divertir e, claro, expressar-se. “Eu sempre amei me arrumar,” ela revela. “Essa é uma das minhas partes favoritas de quando eu estava no The Voice, poder ter um look diferente todo dia.

Quando ela não está fazendo música ou treinando pessoas no The Voice, Stefani passa seus dias projetando para uma de suas várias linhas de moda. Na tarde de quarta-feira, na Califórnia, ela exibiu animada sua última empreitada, a coleção de outono de seus óculos L.A.M.B. e a coleção de 2018 da GX Collection.

A transição de Stefani para os óculos surgiu quando a artista percebeu que ela mesma precisava de lentes corretivas e achou que as opções a sua volta não combinavam com sua personalidade de vestimenta. “Eu sinto que eram tão limitado, e, com os óculos,” ela contou, “primeiramente, há uma necessidade, você tem que usá-los. E eu tenho que usar óculos para ler agora, e isso aconteceu estranhamente logo quando comecei a coleção. Eu queria fazer isso há tanto tempo, mas nunca conseguia encontrar o parceiro ideal, então de repente, tipo, depois do último filho, eu pensei, ‘Não consigo enxergar mais. O que está acontecendo?'”

Ela também começou uma coleção infantil da GX by Gwen Stefani em homenagem ao filho de oito anos, Zuma, que usa óculos de grau. “Eu queria fazer algo que fosse legal para ele, sabe, se ele tem que usá-los,” ela fala, acrescentando que possa ser uma oportunidade para ambos mãe e filho arrasarem com óculos combinando em um momento futuro. “Meus filhos são meninos, então não posso coordenar roupas com eles,” conta Stefani, que se recorda de viver suas fantasias de combinação de guarda-roupa com a sobrinha uma vez. “No Grammy nós duas vestimos roupas combinando. Foi fofo!”

Tratando-se de continuar com seus esforços na moda, Stefani quer continuar criando. “Eu simplesmente amo a ideia de projetar,” ela proclama, adicionando que, neste momento em sua vida, só aceita projetos em que tenha paixão. “Eu olho para trás em tudo que já tive oportunidade de projetar e minhas coisas favoritas sempre foram aquelas que se tornaram um sucesso – seja na música, ou até mesmo, eu amo fazer desfiles, eventos de moda e tudo aquilo.”

Se você perguntá-la sobre qual moda dos anos 90 ela sente mais falta, Stefani dirá que em questão de estilo, ela não tem certeza que tenha deixado essa era. “Não sei. Eu sinto que provavelmente ainda sou ‘anos 90’ de várias maneiras.”


Três perguntas com Gwen Stefani

Onde você encontrou inspiração para os óculos L.A.M.B e os designs da Gx Collection?

Sinceramente, tudo que eu já fiz foram egoistamente inspirador por mim mesma (rimos juntas). Eu queria fazer óculos há tanto tempo e nunca dava certo, então eu finalmente consegui os parceiros ideias e, estranhamente, depois de ter o Apollo, eu precisei de óculos para leitura pela primeira vez! É estranho porque minha família inteira usa eles e eu nunca precisei deles antes! Eu queria que eles fossem bonitos se eu vou ter que usá-los! E então o meu filho, que tem usado óculos desde que ela tinha provavelmente cinco anos, me inspirou, porque era difícil encontrar óculos que fossem legais, e eu não consegui fazer uma linha infantil até recentemente, e isso foi muito animador. É simplesmente algo muito divertido – tentar fazer com que fossem algo que as crianças gostariam de escolher elas mesmas, mas eu também queria estilos que parecessem com óculos de adultos encolhidos, e isso é algo muito difícil de se encontrar no mercado… Então fizemos um pouco dos dois. Meu filho ajudou a projetar os óculos de emojis, porque ele colou emojis nos seus óculos com cola quente e eu quis usar a ideia dele! É tudo removível e você pode colecionar diferentes emojis para usar todo dia. Óticos têm sido surpreendentemente divertidos de se fazer.

E eu queria fazer óculos desde sempre… Eles causam um impacto tão grande. E tendo crescido nos anos 90, na cultura do hip hop, eles são apenas uma grande parte do visual, sabe? O principal do meu visual nunca foi só uma coisa, sempre foi sobre uma combinação. O masculino e o feminino, a maquiagem, é tudo isso combinado que faz o visual, e os óculos são uma grande parte disso.

Conte sobre sua rotina de beleza.

Eu sou uma dessas pessoas que são muito simples; eu lavo meu rosto, passo hidratante e estou pronta. Eu sou louca por maquiagem e falei para a Revlon centenas de vezes que eles são muito espertos por me escolher, porque eu sou realmente obcecada com maquiagem e, estranhamente, quando você tem que usar óculos, você pode usar um pouco mais de maquiagem, e eu curto muito isso. Mas sou bem simples…  Se você parar para pensar, sou uma garota que esteve numa banda desde os 17 anos. Eu viajei pelo mundo em um ônibus só com garotos, então você tem mesmo que se manter simples, mas não no quesito maquiagem (risadas). Eu não usei batom vermelho durante todo o verão e este é o meu primeiro dia de volta!

Se você pudesse dar um conselho a você aos 22 anos, o que seria?

Esta é uma boa pergunta. Questões pessoais de lado, sinceramente, quando olho para trás em tudo, a única coisa que realmente funcionou para mim foi apenas ser honesta e real e quem eu sou. Foi isso que venceu no final das contas. Toda essa falsidade nunca vai te levar a lugar nenhum. Ser eu funcionou.


Fonte: @GwensSnapsHonestly Jamie – @instylemagazine –  @truthfeelslike – @turainc – Yahoo Style