The Voice – S12xE26 (Eliminações Top 8)

Nesta terça-feira (16) conhecemos os 4 finalistas desta temporada… Sabe a definição de sabotagem tombo? Pois foi isso que aconteceu com o #TeamGwen. Apesar de Brennley ter flopado no ITunes (#44), Hunter chegou ao Top 10 e, com isso, havia esperança que ele passaria direto para a final. Porém, mesmo com todos nossos votos, não foi o suficiente. Depois do anúncio dos 3 finalistas, Hunter, Brennley e Jesse (team Adam) disputaram o último Instant lixo Save e nossa equipe foi eliminada de vez.  Dessa forma, a final não terá um representante e nem um novo dueto da Gwen para assistirmos e baixarmos no iTunes The Voice, eu te abomino. Confira o fiasco abaixo:


Veja tudo que está acontecendo no The Voice em: gwenstefanibrasil.com/the-voice


Assistir Online (sem legenda): assistir pra quê

Download (legendado): Amo Baixar

Download (sem legenda): não precisa de legenda pra entender sabotagem Torrent | Mega

Legenda: Grupo Sub Voice


Fotos única coisa boa desse episódio:


#TEAMGWEN #RIP


Brennley BrownWarrior (Demi Lovato)

Opinião da Equipe GSBRA:

Marjorie: Se não é pra lacrar, o team Gwen nem entra, meu amor! Brennley arriscou tudo, cantando algo bem fora da zona de conforto, e não é que a bixa arrasou? Ouçam os notões que ela alcançou… Olhem como ela estava envolvida com essa música. Ela sempre manda bem nas apresentações emotivas mas aqui ela deixou o coração,rim, fígado e a alma no palco. Isso era o que devia ter feito na segunda, duvido que não entraria no top 5 do ITunes com essa performance.

Amanda: Foi a melhor apresentação deste instant save na minha opinião. Mas a coitada não tinha chances contra Hunter e um team-Adam. #RIP

Hunter PlakeLove Runs Out (OneRepublic)

Marjorie: Hunter não era pra estar aqui, minha gente! Isso é pesadelo, que que tá conteseno? Me diz se esse ARTISTA não é o vencedor  claro dessa bagaça? Olha essa performance! O homem pisou com os dois pés, tem nem o que criticar aqui… Nem se abalou com o momento tenso. O que ele fez aqui com essa música foi pra já entregar o troféu. Simplesmente mostrou tudo o que ele pode fazer com a voz e contagiou a platéia, que ovacionou! Melhor performance EVER!

Amanda: Não sei o que falar, só sentir.

Eliminação: Brennley x Hunter x EmbustJesse

  • Momento This Is What The Truth Feels Like:

(Antes de mais nada, peço desculpas pelo textão abaixo, mas é apenas a opinião geral do GSBRA).

Analisando apenas as performances de segunda, a Gwen errou nas songchoices pouco apelativas. Faltou estratégia no momento mais crucial, onde Alicia e Blake usaram o famoso Gospel Card, em dois candidatos, para comover o público e que sempre dá certo. Não questionaremos os 3 primeiros finalistas, afinal, já vinham fazendo grandes performances e os coaches souberam jogar. Mas, diante de toda a trajetória da Gwen, Brennley e do Hunter, era questão de justiça e honra ter, pelo menos, um representante na final.

Ninguém dava nada pra Brennley até ela ir pro #teamGwen, onde logo de cara fez duas ótimas performances (Nocautes e Playoffs). Manteve um bom nível nas lives, caindo um pouco apenas na penúltima e recuperando magistralmente na última. A parceria com a Gwen só trouxe benefícios, vimos a Brennley amadurecer, ser mais confiante de si, e melhorar bastante seus vocais. Com o Hunter, Gwen foi mais conselheira do que técnica, pois ela investia e acreditava na criatividade dele. Não teve uma performance mediana, até a última que julguei fraca, foi boa. Podemos dizer sim que Gwen não se ajudou pelos motivos já ditos, mas merecia sim estar na final e com Hunter, que foi um dos mais regulares dentro da competição e é mais do que um bom cantor, é um artista completo.

Mas o grande problema aqui é o programa. Para quem acompanha há mais tempo, não é novidade que volta e meia a produção demonstra favoritismo por certos candidatos/coaches. Isso foi visto, ao menos, nas temporadas 8, 9, 10 e estamos vendo na 12. O pior é que desta vez estão sendo descarados demais. Nunca um coach foi tão protegido quanto está sendo Alicia. Nas 3 primeiras fases, não teve um combo (todas as apresentações do seu time foram exibidas), no Instant Save que teve a Vanessa, houve a mudança na ordem de apresentação para que se apresentasse por último, uma vez que é por ordem de cadeira (Blake, Alicia, Gwen e Adam), representantes dela encerram o programa duas vezes seguidas (é fato que os últimos sempre se dão bem) e ainda tiveram um dueto entre si, sendo favorecido pelo motivo do público votar pela coach, enquanto que os outros eram entre dois times. Onde está a imparcialidade do programa?

O Instant Save, no final das contas, é algo totalmente descartável. Salvar o “menos pior” nunca dá saldo positivo. E não é segredo que o maior beneficiário é o team Adam, por dois motivos: É o último a se apresentar e a fã base dele (e do Maroon 5) é infinitamente maior que de qualquer outro técnico. Sem falar que, mesmo que esteja no regulamento que qualquer conta válida pode tweetar a hashtag uma vez e retweetar uma vez (por conta), a produção só considera os RTs dos perfis do The Voice, coaches e candidatos que estão na berlinda. Isso é facilmente comprovado quando vimos a hashtag #VoiceSaveHunter nos trends, enquanto que os outros dois nem deram as caras. Estranho, não?

Então, deixamos aqui registrada a nossa indignação com essas manobras injustas do programa, priorizando uns e sabotando outros. Por fim, deixamos a imagem do vencedor moral desta joça.

Rei Hunter


E aí? Acharam justa a eliminação do #TeamGwen? Esse episódio já passou no Canal Sony e nem perdemos tempo fazendo live tweet disso.

Não deixem de acompanhar nossos parceiros Panela de Séries, para reviews incríveis, e Grupo Sub Voice, para legendas perfeitas 😉